H9J inaugura unidade para pacientes oncológicos com tecnologia de ponta

  Dr. Carlos Eduardo Nassif Moreira   |     Dezembro 5, 2016   |     Por Dentro do 9

O H9J inaugurou no dia 24/11 a sexta Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A área é focada em pacientes oncológicos e terá, além de uma equipe multiprofissional, os mais modernos recursos tecnológicos para a assistência ao paciente.

Entre as novas tecnologias, estão:

  • Monitoração remota de pacientes,
  • Camas equipadas com colchão desenvolvido especialmente para pacientes críticos
  • Sistema de chamada dos profissionais no quarto por cor, entre outros.

Ao total, são 13 leitos, sendo dois deles com pressão positiva e negativa para casos em que o paciente precise de isolamento respiratório.

Todos os quartos são equipados com janelas com vidro polarizado (que fica opaco ou transparente) que permitem o monitoramento dos pacientes sem comprometer a privacidade em momentos de descanso.

Como trabalhamos com pessoas e procuramos dar conforto e oferecer o melhor atendimento aos pacientes, é muito importante que a tecnologia seja uma aliada nessa jornada.

Estrutura

Os apartamentos serão equipados com camas com colchão de ar integrado desenvolvido especialmente para pacientes críticos.

A cama conta com um software que, além de avaliar e ajustar automaticamente pontos de pressão, faz a movimentação passiva em pacientes com limitações físicas: isso auxilia a mobilização e a reabilitação.

Com isso, o paciente não fica sempre na mesma posição, o que é ideal para evitar lesões por pressão – que chamamos de escara –, por exemplo.

Além disso, a cama tem capacidade para rotação lateral contínua, que faz a percussão e a vibração para mobilizar secreções do pulmão. Isso facilita a fisioterapia respiratória e previne a pneumonia associada a ventilação mecânica, por exemplo.

Novo sistema de enfermagem

A nova UTI conta ainda com outra tecnologia para chamada de enfermagem. Pelo novo sistema, o paciente pode solicitar a presença da enfermagem por motivos distintos (dor, necessidade de ir ao banheiro ou chamada simples) com diferenciação de som e cores nos corredores. Assim é possível priorizar o atendimento.

A chamada pode ser recebida tanto no posto de enfermagem quanto pelo profissional responsável pela assistência por um aparelho chamado vocera (uma espécie de rádio).

Por meio de luzes, esse mesmo sistema identifica qual profissional da equipe multidisciplinar- médico, fisioterapeuta, psicóloga, farmacêutico etc - acessou o apartamento.

Cada apartamento está equipado com um console onde o tempo para a realização das atividades de cada profissional pode ser monitorado. Com essa informação é possível dimensionar a quantidade de profissionais e incluir o tempo dispensado para cada atividade no custo final.

A tecnologia do ar condicionado também é outra novidade, porque permite estabelecer um padrão para o ambiente que pode ser controlado tanto pelo posto de enfermagem quanto por um celular.

Conta com painel de gestão on-line do paciente com informações em tempo real de questões assistenciais e administrativas, que incluem acompanhar se já tomou medicamento, se já fez exames etc. Tudo isso para manter a monitorização com vigilância constante, mas garantindo sua privacidade.

Tecnologia

Outras tecnologias já implantadas nas demais UTIs no hospital também estarão na nova área, como:

  • Monitorização hemodinâmica minimamente invasiva;
  • Camas inteligentes que permitem por meio de um software (Smartcare) monitorar remotamente a inclinação da cama e o acionamento da grade;
  • Ventilador pulmonar inteligente que permite o desmame ventilatório automático por computador;
  • Monitoramento de BIS – (Índice Bispectral): avaliação da atividade elétrica cerebral (eletroencefalograma) da região frontal, levando à medição do índice bispectral, utilizado para ajustes adequados de sedativos e anestésicos.

Manual de Onco Hematologia

Junto com a inauguração da UTI, lançamos o Manual de Onco Hematologia – TMO e Práticas Assistenciais Multidisciplinares.

O livro é uma parceria do Dr. Celso Massumoto, coordenador da unidade de Transplantes de Medula Óssea, e sua equipe com outros profissionais do H9J e de instituições renomadas como Universidade de São Paulo, Universidade Federal de São Paulo e do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo.

O material oficializa os protocolos de atendimento já realizados pela instituição, que são alinhados com as melhores práticas internacionais.

Dr. Carlos Eduardo Nassif Moreira

Dr. Carlos Eduardo Nassif Moreira é intensivista e coordenador da UTI do H9J.

Comentarios

Guia Prático da Saúde da Mulher

Baixe Grátis!
BAIXE O E-BOOK GRÁTIS