Melhore sua saúde digestiva

  Dr. José Luiz Capalbo   |     Junho 20, 2017   |     Gastroenterologia

O ritmo acelerado de vida, principalmente de quem mora nas capitais, coloca em risco um fator importante para a saúde: a dieta balanceada. Na tentativa de dar conta de realizar todos os compromissos do dia e ainda cumprir a lista de tarefas, é comum que as pessoas optem por substituir uma refeição saudável e equilibrada por um lanche rápido ou fast food.

Quando isso acontece, a primeira a sentir o efeito é a nossa saúde digestiva. Com isso, começam a surgir as dores de estômago, prisão de ventre, inchaço, entre outros sintomas que acabam comprometendo a qualidade de vida.

Abrir mão da correria do dia a dia nem sempre é uma opção, mas existem formas de melhorar a alimentação, sem comprometer a saúde e a digestão. Veja:

  • Inclua probióticos na dieta: troque a ingestão de refrigerantes ou sucos artificiais pelos probióticos. Eles repõem as bactérias saudáveis no estômago e melhoram a absorção de nutrientes.
  • Diminua a quantidade de café: Embora há pesquisas que apontem diversos benefícios do café para a saúde, ele é também uma bebida ácida, o que pode prejudicar a saúde digestiva.
  • Coma mais frutas: uma boa alternativa para os lanches da manhã e da tarde são as frutas. A banana e o abacate, por exemplo, são ricos em fibras e protegem a saúde digestiva. Outros alimentos como espinafre e gengibre também são ótimos para a digestão.
  • Pratique atividades físicas: Organize sua agenda, de modo que sobre pelo menos uma hora por dia, para exercitar o corpo. Fazer uma caminhada, corrida ou outro tipo de esporte é fundamental para estimular o metabolismo e ainda perder calorias extras.
  • Estresse-se menos: O excesso de nervosismo e a ansiedade comprometem diretamente o bom funcionamento do nosso organismo, provocando desde dores de estômagos até a prisão de ventre. Por isso, busque alternativas para aliviar o estresse e procure viver melhor.

É importante lembrar que alguns sintomas, como a mudança no ritmo de funcionamento do intestino, por exemplo, pode ser um sintoma da Doença Inflamatória Intestinal (DII).

Este nome é dado a um conjunto de doenças que acometem especialmente os intestinos: como Doença de Crohn, Retocolite Ulcerativa e Colites Indeterminadas. Esse grupo de enfermidades têm incidência crescente em países ocidentais e, acredita-se, que o estilo de vida e o uso de alguns medicamentos modificam a flora intestinal.

Temos um Centro de Doença Inflamatória Intestinal especializado para ajudá-lo nestes casos. Converse sempre com médico.

Guia da Vida Saudável sem Estresse

Dr. José Luiz Capalbo

Dr. José Luiz Capalbo

Dr. José Luiz Capalbo é Coordenador do Centro de Gastroenterologia do H9J.

Comentarios

Guia Prático da Saúde da Mulher

Baixe Grátis!
BAIXE O E-BOOK GRÁTIS