Dor orofacial atinge 22% da população adulta

  Dr. Roberto Maciel   |     Janeiro 29, 2015   |     Neurologia / Bucomaxilo

Você já ouviu falar em dores orofaciais? Este é um conjunto de dores que atingem a região da cabeça, face, ombros, pescoço e a cavidade oral. Estima-se que 22% das pessoas sejam acometidas por essas dores, segundo um estudo feito recentemente nos EUA.

Um dos maiores problemas enfrentados por pacientes que sofrem com essas dores é a dificuldade no diagnóstico preciso. Como esta região do corpo é complexa por envolver uma grande diversidade de tecidos e estruturas, há mais de 300 possíveis causas para o problema e muitas delas são correlacionadas, o que exige diagnóstico e tratamento especializados.

Infelizmente, ainda é comum atendermos a pacientes que convivem anos com dores orofaciais e que já passaram por muitos profissionais sem que o problema fosse resolvido. O diagnóstico é essencialmente clínico, mas requer uma investigação aprofundada da origem da dor.

Tipos de Dor Orofacial

Articulares – são as disfunções da Articulação Temporomandibular, que causam dor, dificuldade para mastigação, entre outros problemas do sistema articular, muscular e das estruturas associadas.

Miofasciais – a sobrecarga de músculos causada por posturas inadequadas pode levar a traumas nestas estruturas. Outros fatores incluem problemas hormonais, infecções, distúrbios esqueléticos, alterações do sono etc.

Sinusais – são aquelas inflamações de origem alérgica, como as sinusopatias, poliposes, ou ainda relacionadas a câncer, como os abscessos e tumores, além de problemas anatômicos como o septo nasal e alterações na base do crânio.

Neurovasculares – as dores de origem neurovascular costumam ser percebidas como dores musculares mastigatórias. Muitos pacientes acabam procurando tratamento odontológico, mas a origem pode ser enxaqueca ou doenças como a Neuralgia do Trigêmeo, quando uma disfunção atinge os ramos do nervo trigeminal, causando fortes dores na face.

Câncer – tumores de cabeça e pescoço também podem estar relacionados à dor orofacial. Por isso, uma investigação diagnóstica precisa é fundamental com apoio de exames de imagem ou de análises clínicas, quando necessário.

Núcleo de Dor Orofacial

O Núcleo de Dor Orofacial do H9J reúne dentista, otorrinolaringologistas, neurologistas, psiquiatras, psicólogos, oftalmologistas, fisioterapeutas, entre outros profissionais especialistas no correto tratamento da dor.

Dr. Roberto Maciel

Dr. Roberto Maciel é dentista especialista em Dor Orofacial e coordenador do Núcleo de Dor Orofacial dentro do Centro de Dor e Neurocirurgia Funcional no H9J.

Comentarios

Guia Prático da Saúde da Mulher

Baixe Grátis!
BAIXE O E-BOOK GRÁTIS