Cuide da ansiedade e evite dor de estômago, refluxo e gastrite

  Dr. Guilherme Andrade   |     Julho 20, 2016   |     Gastroenterologia

No mundo atual é difícil encontrar alguém que não se defina como uma pessoa ansiosa. Entende-se por "ansiosa" a pessoa que sofre de angústia, aflição, incerteza, dentre outros sentimentos semelhantes.

Do ponto de vista médico, a ansiedade é um fenômeno que pode ser positivo ou negativo, dependendo da circunstância e da intensidade. Ela se torna uma doença quando passa a fazer mal ao funcionamento mental e corporal, especialmente se persistente por um período da vida.

O problema se relaciona intimamente com outras doenças, especialmente do aparelho digestivo, como desconforto abdominal, distúrbios gástricos, doença do refluxo gastroesofágico, gastrite, dores de estômago e até afecções intestinais.

Muitas vezes, os pacientes chegam ao consultório com uma série de problemas gastrointestinais inespecíficos ou inexplicáveis, tais como náuseas, dor de estômago, distensão abdominal, excesso de gases, cólicas, azia ou queimação.

Ansiedade causa mudanças na secreção do suco gástrico, na regulação de fatores da mucosa do estômago e na percepção dos estímulos sensoriais gástricos.

Em muitos casos, nenhuma alteração que justifique os sintomas é encontrada nos exames. Esses sinais são enquadrados nas denominadas doenças gastrointestinais funcionais e surgem, provavelmente, devido a uma combinação de estilo de vida (alimentação, exercício, hábitos de sono, estresse e ansiedade), predisposição genética, flora intestinal, uso de remédios ao longo da vida, inflamação, fatores infecciosos, além de outros.

Por efeito direto ou intermediada por hormônios, a ansiedade causa mudanças na secreção do suco gástrico, na regulação de fatores da mucosa do estômago e na percepção dos estímulos sensoriais gástricos. Esses fatores causam os sintomas descritos acima.

Tratamento

O tratamento para os problemas gástricos causados pela ansiedade é mais amplo do que se imagina. Além de procurar um gastroenterologista para tratar os sintomas, o paciente precisa tratar a causa, ou seja, a ansiedade.

Para isso, ele precisa do apoio de um psiquiatra que possa medicá-lo em caso de necessidade e de um psicólogo que possa dar o apoio necessário, além de outros profissionais que possam cotribuir de todas as maneiras disponíveis (acupunturistas, fisiatras, terapeutas ocupacionais, etc). 

Também é indicado o acompanhamento de um nutricionista para corrigir os hábitos alimentares do paciente e evitar que os problemas retornem. Aqui no Centro de Gastroenterologia do Hospital 9 de Julho, trabalhamos de forma multidisciplinar com profissionais especializados para tratar todas as necessidades do paciente.

Mais informações sobre doenças gastrointestinais você encontra no E-book Guia da Vida Saudável e Sem Estresse.

Guia da Vida Saudável sem Estresse

 

Dr. Guilherme Andrade

Dr. Guilherme Andrade

Dr. Guilherme Andrade é médico do Centro de Gastroenterologia do H9J.

Comentarios

Guia Prático da Saúde da Mulher

Baixe Grátis!
BAIXE O E-BOOK GRÁTIS