9 dicas para dormir melhor

  Dr. Bruno Kelmann   |     Março 29, 2016   |     Neurologia

9_dicas_para_dormir_melhorTodos os dias é a mesma coisa: você demora para dormir e, quando finalmente consegue pegar no sono, está quase na hora de acordar. Com dificuldade, você se levanta e passa o dia de “marcha lenta”, até que chega a hora de dormir e, mais uma vez, você não consegue descansar.

Este é um quadro típico de insônia: distúrbio persistente do sono que prejudica a capacidade de dormir à noite e, como consequência, se manter acordado durante o dia, prejudicando intensamente a qualidade de vida.

Entre os principais efeitos nocivos da insônia estão a dificuldade de se concentrar, a tendência a ganhar peso e constantes alterações de humor.

Estresse, ansiedade e depressão estão entre as causas mais comuns do distúrbio, mas não são as únicas. A alimentação, a falta de atividades físicas e alterações repentinas na rotina – como o jetlag – podem comprometer a qualidade do sono.

Por isso, listamos abaixo 9 dicas para você combater o problema:

1. Faça a última refeição no máximo duas horas antes de dormir e dê preferência a pratos leves e de fácil digestão;

2. Evite bebidas estimulantes como refrigerante, café e chás (verde, branco ou preto);

3. Vá para a cama apenas para dormir; atividades como assistir TV e ler devem ser feitas em outro ambiente;

4. Ler é uma boa ideia, assim como outras atividades relaxantes, como ouvir músicas calmas (mas claro, fora da cama);

5. Prepare o ambiente: ao deitar-se reduza a luz ambiente – isso ajuda o cérebro a relaxar –, controle a temperatura – o “friozinho” ajuda a embalar o sono – e certifique-se de criar um ambiente livre de ruídos;

6. Evite checar e-mails: nada de levar celular, tablet ou notebook para a cama. Para evitar a ansiedade, vale inclusive manter o relógio afastado;

7. Procure a melhor posição para dormir: alinhar bem o travesseiro à altura do ombro e dormir em posição fetal ajuda a evitar dores no pescoço e coluna e também a diminuir o ronco e a apneia; para quem sofre de refluxo, o ideal é dormir de costas com travesseiro elevado e um apoio sob os joelhos para evitar dores na região lombar;

8. Estabeleça uma rotina procurando dormir e acordar sempre nos mesmos horários;

9. Pratique uma atividade física, mas de preferência pela manhã ou até no máximo no fim da tarde: exercícios ajudam a dormir mais rápido e melhor.

Por fim, é importante ressaltar que os quadros de insônia estão geralmente associados a uma condição que deve ser tratada. Por isso, é importante buscar ajuda médica para uma avaliação correta do distúrbio.

Veja também:

9 dicas para manter o coração saudável

9 dicas para uma boa dieta de baixa caloria

Dr. Bruno Kelmann é neurologista do Centro de Dor e Neurocirurgia Funcional do H9J.

Dr. Bruno Kelmann

Dr. Bruno Kelmann é neurologista do Centro de Dor e Neurocirurgia Funcional do H9J.

Comentarios

Guia Prático da Saúde da Mulher

Baixe Grátis!
BAIXE O E-BOOK GRÁTIS